quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Il y a des mots

Há as palavras que se declinam em cada olhar, em cada gesto. E há as palavras que se esvaziam de acções ausentes.

1 comentário:

ArchDuke disse...

Que delícia, as palavras!